Presídios, só com licitação

Publicado: 21/11/2010 em Sem categoria

Fonte e autoria: Rosane de Oliveira

5 de novembro de 2010

Por mais urgente que seja a criação de novas vagas nos presídios, depois de ler o relatório do conselheiro Cezar Miola, que suspendeu, por medida cautelar, a assinatura de ocntratos para a execução de obras sem licitação, tenho de concordar: é melhor esperar um pouco mais e garantir a concorrência. A dispensa de licitação deve ser a exceção e não a regra. Valeu para as reformas emergenciais que garantiram a abertura de novas vagas, mas para a construção de presídios em Camaquã, Erechim, Venâncio Aires, Lajeado, Alegrete e São Francisco de Paula é preciso licitar para garantir o melhor preço.

Clique aqui para ler a íntegra do relatório de Miola. É um pouco complicado, pela linguagem jurídica, mas estámuito bem fundamentado.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s