Pastoral da criança lança campanha de prevenção da morte súbita

Publicado: 08/08/2010 em Sem categoria
Tags:,

Com apoio do Ministério da Saúde, da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), do Centro de Pesquisas Epidemiológicas da UFPel, e de outros parceiros, a Pastoral da Criança lança campanha: Dormir de barriga para cima é mais seguro. A realização também foi motivada por idéias e conselhos do professor do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia (PPGE) da UFPel, Cesar Victora, como colocou o Coordenador Nacional Adjunto da Pastoral da Criança, Nelson Arns Neumann.

A iniciativa baseia-se e fundamenta-se em estudos realizados no Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade, como o da década de 80, quando Victora e outros pesquisadores investigaram os óbitos infantis de crianças residentes em 10 cidades gaúchas, incluindo a região metropolitana de Porto Alegre. Foram identificadas 72 mortes súbitas na infância (MSI), o que representava um coeficiente de mortalidade por MSI de um por mil, sendo mais freqüentes no primeiro e no terceiro mês de vida, segundo os pesquisadores.

Outros índices apontados dão conta de que há uma maior concentração dos óbitos nos meses de inverno com alta incidência em julho. O risco foi maior para crianças de baixo peso ao nascer, para aquelas que residiam com outras crianças menores de cinco anos, para crianças que não recebiam aleitamento materno exclusivo e para os filhos de mães com baixa escolaridade, fumantes e jovens.

A Pastoral buscando diminuir os casos lança a Campanha que recomenda a posição para dormir de barriga para cima, pois assim buscam reduzir o número de óbitos.

OS RISCOS

Os riscos de dormir de lado são semelhantes a dormir de barriga para baixo. Essa posição é instável e muitos bebês rolam e ficam de barriga para baixo. Se uma criança está deitada de barriga para cima e se afoga, sua tendência, por instinto, é tossir e com isso chamar a atenção dos pais. No caso da morte súbita, essa reação não acontece e a morte se dá de forma ‘silenciosa’.

OS CUIDADOS

Colocar o bebê para dormir com muita roupa é um dos fatores de risco para morte súbita. É importante ficar atento às recomendações: evitar o excesso de roupas e fraldas que possam dificultar os movimentos do bebê e superaquecer; deixar os braços do bebê livres, para fora das cobertas, assim, evita-se que ele deslize na cama e fique com a cabeça embaixo das cobertas; deixar a cama livre (sem muitos brinquedos ou travesseiros); a temperatura do quarto deve ser confortável para um adulto vestindo roupas leves; o bebê deve dormir sozinho em sua própria cama ou berço e não na cama de seus pais ou com outras crianças.

Contato e outras informações podem ser obtidos através da Pastoral (www.pastoraldacrianca.org.br), pelo e-mail (comunic@pastoraldarianca.org.br)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s