Teatro de Bonecos em São Bernardo

Publicado: 14/05/2010 em Reforma da Saúde Mental
Tags:,

CENTRO LIVRE DE ARTES VISUAIS

OFICINA DE BRINQUEDOS COM A CIA. CARROÇA DE MAMULENGOS, DO CEARÁ.

3/5 segunda 18h

4/5 terça 18h

O Carroça de Mamulengos, desde sua origem, sempre trabalhou com bonecos de várias linguagens e elaborou uma estética própria de construção, explorando elementos naturais como a cabaça, as sementes, o sizal, a madeira, a bucha, entre outros. Nesta oficina, um pouco deste trabalho.

Público-Alvo: interessados no teatro de animação

Faixa-Etária: recomendação a partir de 17 anos

Carga Horária: 2 horas

Número de vagas: 20

Inscrição: palestrasedebates@gmail.com, de 26 de abril até o preenchimento das vagas.

TEATRO AMAZONAS/CIDADE DA CRIANÇA

CORTEJO DE CABEÇÕES

24 e 1/5 sábado 9h30

Cabeções ou Pigmeus são figuras desproporcionais – cabeças maiores que os troncos – que carregam dentro de si uma criança ou adulto. Quando se movimentam geram uma imagem lúdica por natureza. Aqui, eles chegarão com balanço e requebre, trazendo todas as suas influências culturais numa estética contemporânea para que junto a todos formem um alegre e entusiasmante cortejo, ao som de música ao vivo. Concepção geral: Sandro Roberto. Com o Grupo Imaginário.

A FESTA DA ROSINHA BOCA MOLE

25 domingo 11h e 15h

O coronel Libório celebra o casamento de sua filha Rosinha Boca Mole com o vaqueiro Benedito. Para o acontecimento, uma grande festa é realizada. Mas, no dia tão esperado, aparece o coisa ruim, ele, o demo em pessoa, querendo desposar Rosinha. Para esquentar mais a coisa, um trio de forró entra na história. Com o Grupo Mamulengo da Folia, de Pernambuco.

BENDITO OS BENEDITOS

24 sábado 11h e 15h

Peça que reúne vários personagens da tradição do mamulengo, aqui “encarnados” como Dona Quitéria, Capitão João Redondo, Sargento Bitola, Boizinho Brincadeira, Cobra das Sete Luas, embalados em muitas brincadeiras, músicas e cirandas. Com a Associação Cultural Inventor de Sonhos.

MAMULENGO É TERNO DIVINO

1 /5 sábado 11h e 15h

Terno é o nome que se dá ao conjunto de bonecos que formam a brincadeira. Nessa apresentação Carlos Gomide, também conhecido como Carlos Babau, revive a beleza divina desse teatro tão singelo, capaz de falar de assuntos tão profundos e tocar com delicadeza e poesia o coração dos meninos e os olhos dos homens. Com a Cia. Carroça de Mamulengos, do Ceará.

SEJA NOITE OU SEJA DIA, VIVA O PALHAÇO ALEGRIA.

2 /5 domingo 11h e 15h

Nesta brincadeira, Carlos Gomide mostra, junto com Shirley França, todo o processo de montagem do Palhaço Alegria, um boneco de 3 metros de altura. Alegria traz em seu peito um palco, no qual são encenadas histórias brincadas com bonecos de mamulengo. Com a Cia. Carroça de Mamulengos, do Ceará.

AÇÃO CULTURAL NOS BAIRROS

RODA DE PROSA A SABEDORIA POPULAR COMO FONTE DE CRIAÇÃO DA CIA. CARROÇA DE MAMULENGOS, DO CEARÁ.

29 quinta 20h

O assunto é o teatro de bonecos popular do Nordeste – Mamulengo, Babau, Cassimiro Coco e João Redondo – e as ações do registro do mesmo como Patrimônio Cultural do Brasil pela Unesco. Prosa farta com Carlos Gomide e Renato Perré, Presidente da Associação Brasileira de Teatro de Bonecos.

PINACOTECA

Intervenção do Grupo Imaginário

13/5 quinta 19h

Um fotógrafo profissional devidamente posicionado vai oferecer uma rara oportunidade àqueles que quiserem fazer uma foto ao lado de uma boneca-escultura. Criação da escultura em madeira e interpretação: Sandro Roberto.

Roda de Prosa A Transformação da Estrutura dos Mamulengos

13/5 quinta 20h

A despeito das revoluções tecnológicas e apesar da falta de políticas públicas especificas e da documentação de sua trajetória, o teatro popular de bonecos ainda resiste por meio da oralidade e ganha projeção nos grandes centros.

Intervenção Brincando de Boneco, do Grupo Infantocata

27/5 quinta 19h30

“O Morto-Carregando-O Vivo”, “A flor que chora” e “O palhaço Farofa e a sua cobra Cloris” interagem com a platéia, brincando e convidando a todos a participar dessa diversão dentro da mais legítima e tradicional forma de arte milenar que é o teatro de bonecos popular. Com os atores-manipuladores Celso Ohi e Gim.

Roda de Prosa A Dramaturgia do Teatro de Bonecos

27/5 quinta 20h

Uma visão moderna de cultura deve olhar o ato criativo e o fazer artístico como uma extensa zona de diálogos. Querer que o mamulengo fique restrito e isolado é suicídio . É compreensível pelas razões citadas que alguns resistam e, com certeza, vão brigar ferozmente para que as coisas fiquem assim. Com André Luiz, do Sobrevento e Gim, do Infantocata.

Centro Cultural Antonia Marçon Bonicio

Av. João Firmino, 900 – Bairro Assunção – Fone: 4125-0054

Centro Livre de Artes Visuais

Rua Tasman, 301 – Jardim do Mar

Teatro Amazonas

Rua Tasman, 301 – Jardim do Mar

Sociedade Amigos Esportiva do Jardim Ipê

Rua dos Baobás, 30 – Jardim Ipê

Centro Comunitário Beneficente Nossa Senhora Aparecida

Rua Álvaro Alvim, 615 – Paulicéia – Fone: 4178-4897

Pinacoteca de São Bernardo do Campo

Rua Kara, 105 – Jardim do Mar – Fone: 4125-2466

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s