Psicologia e Saúde Pública

Publicado: 19/12/2009 em Reforma da Saúde Mental
Tags:, ,

A  saúde mental permeia, se formos analisar, todos os atendimentos em saúde. Contemporaneamente não mais dividimos a etiologia das doenças em ambiental X biológica. Sabe-se comprovadamente que tudo o que nos acomete possui causas e consequências  multifatoriais. Sendo assim, câncer, ataque cardíaco, e esquizofrenia, assim como todas as outras doenças, possuem etiologia bio-psico-social.

Oras, se é assim, como podemos administrar um tratamento que contemple apenas um aspecto desta causa tríplice? O psíquico, o orgânico e o social não devem ser esquecidos com o risco de o tratamento tornar-se inócuo.

Justamente por isto equipes de saúde mental nas UBSs são tão importantes. Pensando modernamente o conceito de atendimento transdiciplinar podemos nos libertar das antigas amarras disciplinares, hoje em dia podemos trabalhar em equipes onde o conhecimento e as habilidades circulam livremente tendo como objetivo primeiro a qualidade de vida do usuário do serviço.

Usuário este que não mais precisa recorrer às crenças de que a equipe da saúde age por intermédio de Deus para curar-lhe, usuário este que pode sim se apropriar das causas e conseqüências de seu atual estado de saúde e que, como protagonista, pode participar de seu projeto de vida, com planos para o futuro e co-responsabilidade em seu tratamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s